Blockchain nas eleições 2020 by INEPP.





Passadas as demonstrações que 26 empresas fizeram de suas soluções para modernizar a votação no Brasil, no último domingo (15), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá, agora, avaliar os resultados dos participantes em questões como características técnicas, segurança, logística, transparência. INEPP estavam entre as cinco participantes que usaram blockchain nos testes que viabilizaram os votos em celulares e tablets.


Eleitores puderam testar as soluções votando em candidatos fictícios criados pelo TSE para que as empresas tivessem opções de nomes em seus aplicativos. A lista pode ser acessada.

Ainda no domingo, o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, disse que o novo sistema digital de votação, usando dispositivos eletrônicos, poderá ser adotado em 2022 se passar pelos testes de confiabilidade. Ele mesmo testou algumas das soluções apresentadas.



Em conversa com o Inepp contaram suas experiências.



Marcus Lisboa, do Inepp, que fez o teste em Curitiba. Foto: Inepp.



O Inepp foi uma das 10 participantes do teste em Curitiba. Os eleitores saiam de suas zonas eleitorais, passavam pelo local onde eram feitos os testes e quem quis, pode votar de forma online na eleição simulada, pelo próprio celular através de um scanner do QR code da aplicação do INEPP ou em 6 totens com tablets.









“Os votos foram registrados em poucos segundos em nossa blockchain de forma permanente, imutável, auditável e assegurando o sigilo do voto e transparência com a geração de uma hash para cada voto, cuja chave privada não é custodiada nem pela blockchain, nem pelo TSE. É ativada pelo reconhecimento facial, biometria e outros mecanismos de identificação e validação integrados no módulo Proof of Participation (PoP) Docs, habilitando a votar no módulo PoP Vote”, explicou Marcus Lisboa, fundador do Inepp.

Segundo Lisboa, 200 eleitores visitaram o stand e 149 avaliaram a experiência, sendo que 144 deles deram 5 estrelas à solução, numa escala de 1 a 5, e 4 deram 4 estrelas. Uma pessoa deu 3 estrelas.







8 visualizações0 comentário

INEPP © 2006